Escritos antigos e (in)completos XII

Desvãos,
Desviados,
Desvario…

Como pode compreender o superficial,
Se no interior há tamanho vazio ?
E o amor que ali havia,
Para onde foi?

Não, não venha não
As canções não tem sentido
Só som.
Não, deixa pra lá.
Você só vai sofrer
Se machucar.
E ainda assim não vai entender o que é o amor.

Na penúria dos sentidos,
Mendigo um carinho,
Imploro um beijo,
Pra sonhar
Amor

Não, não parta ainda,
No fim será só canção.
E som…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s