Escritos antigos e (in)completos XXX

Quando o sol já ameaçava no horizonte a noite o chamou baixinho:
“Acorda, Rapaz, que pela manhã você não é mais menino e precisa encarar a vida.”
Ele resmungou e pediu mais um minuto, mas já era tarde, o menino tinha ido embora pra dar lugar ao adulto que tinha barba pra fazer.
Então deu um grande beijo na noite, agradeceu por ela existir e disse:
“Até mais.”
A noite disse: “Até logo. Agora vou correndo que tem um menino na Ilha da Páscoa me chamando. Fica em paz!”


E ele virou pra noite e pediu que ela o protegesse. E ela respondeu:

“Dorme em paz, menino, que estarei aqui do seu lado até o dia amanhecer.”
Ele sorriu, fechou os olhos e dormiu.
Boa noite!


10/07/11

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s