O pensamento enquanto fumaça

Tragou mais uma vez o cigarro vagabundo que comprara.
A fumaça do cigarro que subia refletia o fio de luz que a janela entreaberta permitia entrar.

Soltou os gases do pulmão, soprando-os por entre os lábios.

Existiam momentos de reflexão que só um cigarro podiam proporcionar, refletiu.

Apagou o meio cigarro no cinzeiro de vidro que roubara da mesa de algum restaurante que estivera com ela, e exclamou:

“Eita vida de merda!!!”

E voltou para o computador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s