Medos

O cinto torna a ganhar dois pontos. 

O cabelo, que normalmente cai muito, está começando a ficar ralo. 
Os olhos fundos me chamam pro infinito. 
A garganta e as narinas queimam a cada vômito. 
Fraquejam as pernas mas não o espirito e levanto toda manhã para enfrentar o inevitável.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s