Escancarada

Saberia menos a porteira que a casa?

Viu diversas idas e vidas. 
A casa, personagem principal da fazenda, jamais vira na vida um boi ou um carro apinhado de cana de açúcar. 
Relegada a um abrir e fechar eterno, a porteira restava calada sobre os segredos que vivia.
De companhia só tinha o mata-burros que não era de falar, nem muito esperto como o próprio nome sugeriria. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s