Saber-se nos mistérios da dor

Saber-se nos mistérios da dor
Não saber mais viver
O que era certo consolidado
Se transforma em liquidez.

Conviver com desafeto
Não curvar-se à dor
E esperar a felicidade
Nos momentos de solidão.

Dureza, propriedade da matéria
Transforma
(Transtorna?)
Um sonhar eterno em um amor interrompido

Por causa da dor
Por causa da dureza
Por causa de não entender mais nada,
Da noite…
Pro dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s